Nostravamus – Disco Riscado

abril 8, 2009 by

“Faz-se quadros aos bocados
Faz-se os puros de rasgados
Quem faz sabe a quem cabe
A dor de achar o que não sabe.

Fez-se um dia uma canção
Sobre falsa compreensão.
Quem a cantou esqueceu
Do mal do qual padeceu.

Esta faca ao nosso lado
É apenas um disco riscado
Algo escuro que reflete
Uma estrofe que se repete.

Nem métrica quebrada,
Nem rima rebuscada,
Nada torna essa mensagem
Mais digna de postagem.”

-Nostravamus, 2009

Terça-Feira da Filosofia

abril 7, 2009 by

“Nos EUA a crise nao para, mas para Obama….o Lula é o cara!”

Omelette au fromage avec bacon et des champignons sautés au beurre

abril 7, 2009 by

Essa é a minha especialidade, omelete de queijo com bacon e champignon feito na manteiga. Bom pra comer sozinho, naquela noite que a comida congelada acabou e você está com saco suficiente apenas para cozinhar algo bem simples. Apartamento fedendo a bacon vem no pacote.

Vamos lá:
Ponha duas fatias de bacon (ou três, depende da expectativa de vida) para fritar numa frigideira em fogo alto, não precisa por óleo nem nada, ele frita na própria gordura.
Pegue dois ovos (ou três, depende da glutonice), quebre-os e ponha numa tigelinha. Bata eles com um garfo e misture muito pouco leite e um fiozinho de azeite.
Pique duas fatias de queijo prato (ou três, depende do… ah, foda-se, poe quantas quiser), pique as fatias do bacon que já devem estar fritas, junte tudo e misture ao ovo batido.
Agora é a hora do champignon: fatie uns 7 em fatias médias, jogue uma colher de chá de manteiga (ou margarina) na frigideira, espere ela derreter e jogue as fatias em cima. Deixe fritar um pouco.
Despeje a mistura do ovo sobre tudo e misture um pouco com o garfo (ou uma colher, se você não quiser estragar sua frigideira). Dê um tempinho para o ovo endurecer um pouco, com uma espátula vá levantando as bordas mais duras e deixe o líquido preencher o espaço, para o omelete ficar pronto mais rápido e ficar mais uniforme.
Ao final, dobre-o no meio com a espátula e passe para um prato.

 breja

Sugestão de consumo: Vai bem com uma stellinha artois bem gelada, mas como universitário que se preze passa perrengue, uma itaipava até que rola.

Nous allons essayer.

Sazonais Momentos Aberrativos Da Sensatez(lamechante) Neo- Cotidiana

abril 7, 2009 by

É incrível a tenra capacidade criativa pró-emocional que todos bradam quando emanam suas presunçosas formas de opinião a respeito de um todo ou de todos.

A velha e conhecida atitude de explosão quando não se pensa duas vezes,mas reflete toda a áurea emocional e racional do cidadão durante um bom espaço de tempo,ou até mesmo, a vontade excessiva da demonstração de brandura e paixão por outra pessoa.

Com certeza,todos passamos e passaremos por tal situação.

Existem aqueles que elevam isto (ou decaem) à músicas extremamentes clichês com cunho totalmente comercial

Existem aquele que escrevem esquisitas rimas com finalidade inteira poética e culta.

E existem aqueles que querem” apenas” se expressar,ser objetivos,fazer poesia e ser comercial.Este é o intuito de hoje em dia,de certas criações no qual o “feeling” é presente, mas muitas vezes forçado.Não criticando esta escolha,pois isto é algo que a atual sociedade impõe de forma consciente,inconsciente e desatina.

De todas as formas podemos ver este tipo de coisa,mas o meio mais óbvio no qual é pensando e consequentemente mais pensado é o meio artístico em todas as formas que ele existe:Artes Plásticas,Música,Publicidade,Filmes etc.

Daí já entendemos de onde surgem os mais loucos gênios da sociedade.

REALMENTE até agora, este post é inteiro subjetivo.

Porém,ele todo surgiu exatamente de um sazonal momento aberrativo da minha sensatez(piegas) que tive a pouco.A quase completa fragilidade do ser humano ao “juntar” coisas que o intrigam e que o consomem.Óbvio,num nível elevado isto se tornaria uma grande loucura mental mas não,não é o caso.Todos pensam nisso,mesmo que insconcientemente,isto se passa na complexa mente de um ser(ou-não-ser-eis-a-questão) humano.

(Bom,em termos,cheguei num ponto interessante.”Be or not to be,that is the question”então é a grande diferença entre ser e usar a criatividade em qualquer maneira de expressão e seguir as pré-modulações que JÁ foram(agora não mais) referentes a criatividade de alguém.)

Mas voltando ao discurso de um doce bardo que brada à toda brida suas esquisitas rimas…

Somos o que somos,e o ego humano já perpetua na mente toda a vontade de fazer da sua própria opinião, a opinião geral de um todo.Digo isso,pois neste mundo onde o “respeito” e a “civilidade” são regras e não “bom-sensos” tudo passa pela filtragem da organização social que deixa de ser autoritária de forma particular(cidadão,individual) para uma forma correta mas não completamente satisfatória(democracia) onde o menos pior age .Nem citarei o socialismo pois está não é a discussão e está fora de cogitação.

Tudo isso para demonstrar o porque de certas vezes passarmos pelos tais momentos que dão título a este post sem igual.

Mas,caso a subjetividade tenha sido imensa para o intelecto que venha a ler isto,tentarei explicar de forma crua o que seria.

Existem alguns momentos em que realmente somos tomados por vontades,que não pensamos 2 vezes para a tomada de atitude e acabamos sendo avaliados por isso.Este é o ciclo das coisas na sociedade em que vivemos.Logicamente,certas coisas acarretam efeitos prejudiciais à um TODO.Então,toda forma relevante de sentimento que não prejudicar o próximo é cabível,pois será importante para alguém,você mesmo.

O tal do orgulho próprio e ego se encaixam nisto,e estranhamente as vezes fazemos certas coisas não por isso,mas para outras pessoas enxergarem esta maluca coisa.

Jogando um exemplo típico,o caso da paixão,amor,todos entendem,todos já tiveram mas ninguém explica:Sempre tem um começo,um meio e as vezes um fim(depende) e é onde entra essas maluquices na qual falo.Não me refiro somente a paixão interpessoal,mas também a uma gama de outras coisas que podem ser amadas.(N ERA PARA SAIR TAO EMO)

Fazemos coisas doidas,coisas que são feitas em sazonais momentos aberrativos da sensatez neo-cotidiana humana,mas que são a pura verdade explodindo de você.Seria,como acho,a totalidade da sinceridade humana. Neste momento o ser humano consegue ser sincero quase que por inteiro,o que é raro.

E é este o ponto onde TUDO se junta,quando se existe um imensa vontade de fugir do senso comum,imperar a criatividade,aguçar todo o campo no qual você se sentirá bem, pois estará dentro de você,bagunçado do seu jeito,que somente você mesmo saberá mudar e extravasando para chegar no totalidade da sinceridade onde o desejo enorme de fazer disso uma grande realidade à TODOS e não ao TODO pode ser possível,caso você não desista.

Obrigado por aguentarem ler este imenso post,

e só para deixar bem claro,(que nem o sujeito que escreveu isto num muro),

O AMOR É IMPORTANTE, PORRA.

Melhor do que você…

abril 6, 2009 by

Ed Wood…
ed wood

Ed Wood foi um produto e diretor de cinema dos Estados Unidos, especializado em filmes de terror, fição e erótico.Seus filmes se destacam pela criatividade enfrentando as limitações dos recursos técnicos e de orçamento de seus filmes.Com efeitos especiais um pouco “trash” no se diz de qualidade, com cenas discontinuas e com reaproveitamento constante de material.

Com mais de 30 filmes na sua carreira dirigidos e produzidos.É um diretor cultuado entre os fãs de filmes “trash”.Seus filmes hoje em dia são um sucesso entre os cults.

Ele é considerado o pior diretor de todos os tempos…Considerado pela organização de critícos dos EUA foi considerado o pior diretor de todos os tempos e do planeta aomesmo tempo…Mas mesmo assim Ed Wood é melhor do que você…

Me diz quantos filmes você fez…e quantos desses foram ao cinema…

Ed Wood fez 30 filmes que foram ao cinema…Umfoi um grande sucesso de bilheteria..Plan 9 From Outer Space…clássico de fição e foi o ultimo filme do famoso ator Bela Lugosi, o eterno Drácula, que morreu durante as filmagens..
Ficou rico com filmes que hoje em dia são considerados lixos por filinhos de papai que viram Transpoiting e se acham os críticos de cinema e se vestem mau e se reunem em bares cults na augusta dividindo suas ideias fechadas e erradas sobre cinema…

E pra completar…Tim Burton em 1994 fez um filme da história da vida do diretor, o mesmo Tim Burton que esses filinhos de papai consideram o mestre do cinema homenageou Ed Wood…e quem fez o papel de Ed Wood??Ninguem menos que Johnny Deep, outro queridinho dos cults da augusta…

Então isso é para todos os idiotas cults da augusta e suas críticas de cinema que tem menos fundamento que declarações do Alexandre Frota…O pior diretor de cinema de todos os tempo e do planeta…

É MELHOR DO QUE VOCÊ…

Resumo da sem-ana #3 (Anaaaaaaaaaa)

abril 3, 2009 by

Vamos lá,mais um resumo desta agência que toma proporções maiores a cada dia.

Segunda-feira:São finalmente conhecidos os 4 novos membros da área de Atendimento da Agência Júnior.São eles:Aaron,Carol(Só Carol mesmo),Éverton e Gabriela!!!!
Boas vinda!!!

Terça-feira:O pessoal de jornalismo começa na Agência Júnior.
Nosso exemplar funcionário Aaaaaaron…nos ofereceu uma incrível impressora para utilizarmos enquanto não temos uma nossa.hahahha
Eeeeeeeeee Matheus,traz a máquina de café.O pessoal realmente ta empenhado,estou gostando gente!!!Vlew mesmo…

Quarta-feira:Hoje,finalmente todas as areas da agencia junior sao apresentadas,e todos começam finalmente seus trabalhos.
Uma reunião aconteceu como todo o pessoal na qual me enrolei como sempre!!!
Esteban e Robson vao ate agência mais uma vez para um reunião.

A ótima impressora de Aaaaaaron eh uma maravilha!!

Quinta-feira:Hoje rolo!!!Rolo o maravilhoso café 3 corações,tomei 4 xícaras,MY GOD….
E tivemos acesso ao YouTube today!!!
Graças ao grande Bressan….
Eeee não posso esquecer da pegadinha que peguei vários.

Sexta-feira:A papelada aos poucos está se resolvendo.Mais uma vez o café estava delicioso.
Hoje o dia foi realmente elaborado,uma reunião para discutirmos todo o funcionamento da Junior daqui pra frente.

BOM FINAL DE SEMANA PARA TODOS…

Tudo em seu devido lugar…

abril 3, 2009 by

“Everything, everything, everything, everything
In its right place
In its right place
In its right place
Right place

Yesterday I woke up sucking a lemon
Yesterday I woke up sucking a lemon
Yesterday I woke up sucking a lemon
Yesterday I woke up sucking a lemon

Everything, everything, everything
In its right place
In its right place
Right place

There are two colours in my head
There are two colours in my head
What is that you tried to say?
What was that you tried to say?
Tried to say, tried to say
Tried to say, tried to say”

Depois de ver tudo isso e cansado(a) de ler uma letra repetitiva e sem sentido qualquer você me pergunta: “Mas que raios?!” e eu respondo: “Radiohead!” e completo: “Cansado? é porque ainda não leu o post”.

Essa música (Everything in its right place) aparentemente sem sentido, 1ª do cd Kid-A da banda, foi minha guia essa semana. Talvez porque ainda esteja numa onda “pós-show”, talvez porque a sonoridade dela me pegue muito, talvez porque eu esteja meio “sem sentido” e confuso. Enfim, é engraçado como coisas aparentemente desordenadas formam algo harmônico. E isso se dá em tudo na vida: Química, Biologia, Relações pessoais (apesar de uma citação que me impactou muito em Watchmen- “Nesse mundo tudo se encaixa, menos as pessoas), Comunicação, Design. É o lado artístico presente em tudo.

Dadaísmo. A regra de não ter regras. A capacidade de por uma ressaca (acordar chupando um limão?) junto com uma agonia por uma incapacidade de se expressar e  um sonho dicromático e fazer tudo isso parecer uma combinação perfeita, tudo estar em seu devido lugar.

O legal da música, no meu ver, é prestar atenção na relação dela com as nossas vidas, tentar ver que, apesar dos pesares, tudo que aconteceu, aconteceu, e não há o “se”, não há o “podia ser diferente”, tudo está em seu devido lugar, por mais estranho que ele seja.

Bom, não sei se cabe a esse blog um post chato como esse meu, mas sei lá.. eu costumo postar de sexta e hoje ta tudo meio silencioso demais na minha cabeça, só ouço o eco dessa música.

E Chuck! Se falar merda do Radiohead vou te mostrar qual é o negócio hein! haha

We’ll be trying…

Pré-Estreia da Terça-Feira da Filosofia

abril 3, 2009 by

A partir da próxima terça-feira vocês vão ler as magnificas filosifias de vida do Aaron

Como amostra grátris aqui vai a primeira:

“Quanto maior o laço…Maior o amor.”

Sala de espera

abril 3, 2009 by

Na quarta-feira 1° abril nos, estagiarios da manha tivemos novamente a infelicidade de chegar na agencia e dar com a cara na porta, não que isso tenha me deixado irritada afinal tirei uma soneca em uma confortavel mesa da nossa sala de espera, reunião,guarda bolsas e tudo o que aquele espeço fisico (que não é nosso mais é como se fosse) pode nos proporcionar, até que o conrrado chegou com a chave e ai começamos a trabalhar ardoamente como tem acontecido todos os dias ou seja a minha maior tarefa do dia foi abrir o e-mail de atendimento hauaha. Ao 12;00 começou a nossa reunião com todo o pessoal, eu até tentei decorar o nome da galera de jornal mais é muita gente( e a ala feminina dominnando a AJ ).

Hoje 2 de abril, chega das pegadinhas do dia da mentira, já fiz a minha tarefa ardoa do dia e agora estou escrevendo a minha tese de pibic que já mudou de tema 3 vezes e como não sai nada resolvi fazer meu primeiro post(sem graça).

bjo

Leiam!Como fazer o cadastro e poder postar neste blog!!!!

abril 3, 2009 by

Gente,é o seguinte,para postar no Blog é necessário se cadastrar no WWW. WORDPRESS.COM lá em SIGN UP…

Depois informe o email de vocês para Chuck,Lucas ou Eu mesmo para nós permitimos a entrada no blog.

Obrigado